O “furo” da Veja

Enviado por luisnassif, dom, 03/06/2012 – 11:14

Autor:

Da série “como passar recibo de que estou em pânico com a CPI”, Veja acaba de produzir mais uma de suas obras-primas.

Constata, primeiro, que assessores do PT estão escarafunchando a CPI atrás de dados contra adversários – dentre os quais o insigne Gilmar Dantas. Se não fosse a brava revista, não saberíamos de nada.

Veja bem, não se está falando de dossiês criminosos, grampos, invasões de hotel, parceria com o crime organizado. Mas de pesquisas em cima de documentos oficiais da CPI. Saiu na Veja? Virou escândalo.

Toda a imprensa nacional está em cima da CPI. Nessa dança, assessores do PSDB levantam dados contra o PT; assessores do PT levantam contra o PSDB e Gilmar; assessores do PMDB levantam contra Perillo, para poupar Cabral. E seria de outra maneira?

O outro extraordinário furo da Veja é que a CPI foi um tiro no pé, voltando-se contra seus próprios formuladores: Lula e o PT.

Qual o problema, então? Se a bandeira de Veja é destruir Lula, a lógica será dar todo gás à CPI. Ou não? E a melhor maneira de investigar os dados é cada grupo de assessores levantar os dados contra os adversários.

O que tem de real nesse jogo de cena:

1. Não há a menor hipótese da CPI ser usada em favor dos réus do mensalão.

2. O STF tem que julgar o mensalão com todo rigor. Mas é óbvio que está sob uma pressão intensa da velha mídia, buscando pautá-lo de todas as formas.

3. O fato de Delúbio ter criado o mensalão não absolve Veja do fato de ela ter criado Carlinhos Cachoeira.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s