Alemães têm gene da felicidade defeituoso, diz estudo

Enviado por luisnassif, sex, 08/06/2012 – 13:39

Por nadja rocha

Da Revista Samuel

A TRISTEZA DOS ALEMÃES

Defeito no “gene da alegria” faria com que alemães sejam cada vez menos capazes de curtir a vida

Sério, trabalhador, gerando crescimento econômico, pagando suas dívidas diretinho… Na crise que sacode a Europa desde 2008, o povo alemão parece ser o único virtuoso, o que lhe permite exigir dos outros (Grécia, Itália, Espanha, Portugal…) um comportamento similar. Qual é o segredo? Talvez seja a infelicidade. Pelo menos é esta a conclusão de um relatório feito pelo instituto de pesquisa em marketing Rheingold. A notícia, divulgada pela versão internacional do jornal alemão Spiegel, precisa que 46% dos alemães dizem que se sentem cada vez mais incapazes de curtir a vida, devido ao stress do dia a dia. “Seja comida, álcool, ou férias, os alemães aparentemente não têm mais tempo livre para curtir. Além disso, eles não conseguem relaxar nem quando namoram”. Segundo os pesquisadores, a realidade é a seguinte: “o nosso gene da alegria é cada vez mais defeituoso, nos esquecemos como se divertir”. A conclusão do estudo é bem triste: apenas 15% dos alemães entrevistados dizem lembrar dos momentos durante os quais eles conseguiram esquecer os problemas e se sentiram realmente felizes.

Fonte: Der Spiegel

Leia mais aqui

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s