CPMI: o direito de saber a verdade

Por Cristiana Castro

(comentário no post “Twitcam sobre a CPMI)

Boa Nassif, recolocou as coisas nos trilhos; desde o início se discutiu aqui no Blog, o perigo dessa CPMI transforma-se em disputa política, caso isso acontecesse,perderíamos o foco que é exatamente a estrutura de arapongagem que chantageia a nação há décadas.

Tanto sua explicação como as representações de Collor contra o PGR e sua esposa, recolocam o foco no lugar certo. Não podemos nos ater a partidos, agora; tanto faz se é Collor, Katia Abreu, Protógenes… Precisamos apoiar os que tem capacidade para tocar essa CPMI, percebendo atalhos e tomando medidas eficazes. Não adianta a gente ficar, discutindo Perillo, Agnelo, Cabral, etc.. As figuras menos importantes nesse episódio são os políticos.

Precisamos das gravações da PF e, pouco importa se o TRF vai considerá-las ilegais. Nós temos o direito de saber até onde vão as ligações entre o grupo de Cachoeira e nossas instituições. Isso não é favor, é obrigação. Temos o direito de saber, qtas vezes fomos levados a acreditar em montagens falaciosas e, pior que isso, agir, no sentido de prejudicar pessoas que ousaram cruzar o caminho do crime organizado. Imagino que o Poder Judiciário, deveria ser o principal interessado, na medida em que, suas decisões, muitas vezes, acabam baseadas nessas mesmas falácias.

De qq forma, se o judiciário, PGR, MP, OAB e etc.., não estão interessados em saber até onde fizeram papel de otários, o mesmo não se aplica a sociedade. Portanto, esqueçam as determinações do Judiciário e vazem as gravações da PF. Não vazá-las, é fazer o mesmo que o PGR fez, ou seja, sentar em cima de documentos que podem livrar a nação da ação do crime organizado.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s